Evangelho e Evangelização em mundo globalizado?!

            Muitos são os conceitos hodiernamente empregados quando se trata de Evangelho e Evangelização. Ao nos deparamos com estas palavras, podem surgir algumas dúvidas como, por exemplo, qual deve ser a atitude dos movimentos da Igreja em vista de uma verdadeira evangelização? Como deve ser aplicado o conceito de Evangelho no momento de evangelizar?

            Pois bem, estas foram algumas dúvidas que surgiram na mente de um membro dos Arautos do Evangelho, Thiago de Oliveira Geraldo, as quais o impulsionaram a escrever a sua tese de doutorado intitulada: “Evangelho e evangelização em um mundo global. Análise semântica: genético-eclesial”.

            Com o intuito de responder a estas perguntas, ele realizou uma profunda análise semântica no qual define o significado de Evangelho. Porém, o principal objetivo de seu trabalho doutoral foi verificar a utilização deste conceito no Novo Testamento, estudando os casos em que a versão grega da Bíblia utiliza o termo Evangelho como correspondente do hebraico e também qual era o seu uso na Antiga Grécia.

            Após isto, fez um estudo sobre o significado do termo evangelização empregado pelo Magistério da Igreja ao longo do século XX para, assim, apresentar o sentido atual deste conceito.

            Não obstante, como missionário fervoroso, demonstra ser um autêntico Arauto do Evangelho. Sua tese doutoral apresenta uma proposta missionária. Esta sugestão de evangelização foi feita com base na análise do apostolado realizado de 2001 a 2012 pelos Arautos do Evangelho.

            Após concluir este árduo trabalho de investigação, redação e correção, ele defendeu sua tese no dia 8 de maio na Universidade Pontifícia Bolivariana – UPB (Medellín – Colômbia).

            Os examinadores foram Pe. Dr. César Ramírez, presidente da banca,  Pe. Dr. Hernán Darío Cardona, SDB, orientador do trabalho doutoral, Pe. Dr. Alberto Ramírez e Pe. Dr. Adolfo Galeano. Concluindo a exposição, os jurados concederam-lhe o título de doutor em Teologia.

            Desta forma sua tese de doutorado não se restringiu a uma simples especulação teológica, mas sim, foi aplicada às mais urgentes necessidades de uma sociedade carente de Deus. Portanto, sempre que façamos algum trabalho, mesmo científico, não nos esqueçamos da realidade em que vivemos e estejamos prontos para, a qualquer momento, ajudar o nosso próximo e assim, cada vez mais, progredir na virtude e na prática dos Mandamentos, pois este é o verdadeiro amor. Aliás, lembremo-nos daquilo que bem nos ensina o Evangelho: “O primeiro de todos os mandamentos é este: Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor; amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu espírito e de todas as tuas forças. Eis aqui o segundo: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Outro mandamento maior do que estes não existe” (Mc 12, 29-31).

 Felipe Zoghaib / 2º Teologia

Maria Salete Marques da Silva

Paz e Bem,
Fico feliz em poder ler esta matéria sua Felipe, que DEUS nosso Pai, te abençoe e te de forças para prosseguir em tua caminha, ´pois como sua Madrinha, rezo muito por você.
Que Nossa Mãe Santíssima te ampare.
Gostaria muito de manter contato com você tem como??
Fico no aguardo de uma mensagem sua.

Deixe uma resposta