Universitários chineses perante o Cristianismo

Segundo uma pesquisa realizada entre 629.561 estudantes universitários de 55 institutos de ensino superior de Pequim, 3,9% deles se declaram cristãos e 17,6% dizem estar interessados no Cristianismo — informa a agência Fides. Chinese Bible

A enquete revela ainda que apenas 4,5% desses estudantes nunca pensam no sentido da vida, ou pensam pouco; 42,4% consideram ter encontrado a resposta justa às perguntas fundamentais; 31,1%, ainda não; 26,5% se encontram em estado de perplexidade.

A maior parte dos 31,1% que ainda não encontraram a resposta satisfatória julga poder encontrá-la no Cristianismo. Além disso, os universitários observaram que na China existem muitas religiões, mas somente a Sagrada Escritura oferece resposta às principais perguntas sobre as quais eles se interrogam: De onde vem o homem? Para onde vai? Por que vive? Qual o verdadeiro sentido e valor da vida?

(Revista Arautos do Evangelho. Março 2012. p. 44)

Deixe uma resposta