Cardeal Cipriani adverte contra o relativismo

(Gaudium Press) “Que alegria poder celebrar esta solenidade acompanhado por duas pessoas de diferentes maneiras nos aproxima do Santo Padre; um colaborador da cúria romana como o Cardeal Robert Sarah, e o representante do Papa no Peru, o senhor núncio apostólico, Dom James Patrick Green”, disse o arcebispo de Lima, Cardeal Juan Luis Cipriani no início da Solene Missa presidida por ele no último domingo, 8. Na ocasião se comemorou no país a Festa da Epifania do Senhor. Cardenal_cipriani

Concelebraram a missa junto com Dom Cipriani, além do presidente do Pontifício Conselho “Cor Unum”, Cardeal Sarah, o núncio apostólico, que chega agora ao Peru, Dom Green, os três bispos auxiliares de Lima,, Dom Adriano Tomasi, Dom Guillermo Abanto e Dom Raúl Chau, entre outros.

Durante a homilia, o arcebispo de Lima advertiu contra o relativismo e exortou os presentes a lutar pela retidão da consciência. “Que não se meta o relativismo no qual as pessoas dizem uma coisas e fazem outra. A consciência é o sacrário onde Cristo está em voz baixa dizendo-lhe ao ouvido: ‘filho meu, deixa isso, te espero em uma boa confissão’. Tenhamos o coração vigilante e uma consciência reta e limpa, bem formada. Há que afirmar a fé com a vida. Irmãos, a Igreja mais que nunca nos pede para proclamar tua fé com tua palavra e com tuas obras”.

Cardeal Cipriani também convidou os fiéis a não abandonarem o santuário interior que todos possuem, que é a alma, e a introduzir Cristo nele.

“Hoje em dia o mundo anda a procura de mudanças e descuidou deste mundo interior, onde ocorrem os grande sucessos de tua vida, na alegria, no amor, e no perdão. Jesus te espera, te busca, te escuta e te anima. Não deixemos que o mundo nos tire esta dimensão tão grande do espírito humano: o assombro, a oração, e a alegria interior. Esse coração quer estar cara a cara no silêncio da contemplação”, salientou.

Neste ponto, ainda complementou, afirmando que “Cristo é a estrela que cada um de nós vai conduzindo. Nunca desaparece. Jesus sempre está conosco e isso hoje mais do que nunca o celebramos de um modo muito especial. Jesus é a estrela que conduz a cada um de nós”.

Deixe uma resposta