Bento XVI: Sessão Plenária da Comissão Teológica Internacional

pope

Bento XVI: Sessão Plenária da Comissão Teológica Internacional

O Papa Bento XVI recebeu nesta sexta-feira cerca de 30 participantes da Comissão Teológica Internacional, que concluiu sua sessão plenária anual.

Em seu discurso, o Papa observou que este ano a sessão se reuniu na Primeira Semana do Advento, “o que faz recordar que todo teólogo é chamado a ser homem do advento, testemunha da vigilante espera que ilumina as vias da inteligência da palavra que se fez carne”.

Bento XVI afirmou que os conflitos étnicos e religiosos no mundo tornam mais difícil “acolher a singularidade do pensar cristão de deus, mas a teologia, em diálogo com a filosofia, pode ajudar os fiéis a testemunharem que o monoteísmo trinitário é a verdadeira fonte da paz pessoal e universal”.

O Pontifice explicou ainda que a teologia católica sempre foi atenta ao elo entre fé e razão e “este papel hoje é mais necessário do que nunca para tornar possível uma sinfonia das ciências e evitar consequências violentas de uma religiosidade que se opõe à razão e de uma razão que se opõe à religião”.

Um outro aspecto importante do papel que exerce a teologia, também hoje, é a presença no campo
acadêmico. Segundo o Papa, “foi a teologia que deu o impulso na história ao nascimento da universidade”.

Antes de encerrar o encontro, o Para explicou que, para conservar a Doutrina católica, “a Igreja precisa da competente e fiel reflexão dos teólogos sobre o mistério do Deus de Jesus Cristo e de sua Igreja. Sem uma saudável e vigorosa reflexão teológica, a Igreja correria o risco de não expressar plenamente a harmonia entre fé e razão”.

Fonte: Gaudium Press

Deixe uma resposta