Beatificação das cinco “Mártires do Drina”

Cinco religiosas da Congregação das Filhas do Amor Divino foram beatificadas em 24 de setembro na cidade de Sarajevo (Bósnia e Herzegovina), em cerimônia presidida pelo Cardeal Angelo Amato SDB, Prefeito da Congregação para as Causas dos Santos.martiresdodrina

A Via-Crucis das “Mártires do Drina” (rio da região dos Bálcãs), como são conhecidas, teve início em 11 de dezembro de 1941, durante a Segunda Guerra Mundial. Encontravam-se elas na cidade de Pale ― ocupadas em alimentar crianças órfãs e dar socorros e remédios aos pobres e mendigos que a elas recorriam ― quando seu convento foi saqueado e incendiado por milicianos chetniks que as aprisionaram e conduziram para Gorazde, a 65 quilômetros de distância, submetidas a brutalidades durante a caminhada de quatro dias em região montanhosa, sob intenso frio.

Uma delas, de 76 anos, foi morta no trajeto. As demais foram levadas ao quartel dos chetniks em Gorazde, onde estes as intimaram a renunciar a seus votos religiosos, especialmente o da castidade. Ante a categórica resposta negativa, eles as insultaram, espancaram, esfaquearam e jogaram no rio Drina.

São estes os nomes das cinco heroínas da Fé que brilham no Céu como um sol por toda a eternidade: Berchmana Leidenix (austríaca), Krizina Bojanc (eslovena), Jula Ivanisevic (croata), Atonija Fabjan (eslovena), e Bernadete Banja (húngara).

http://filhasdoamordivino.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=135:martires&catid=1:latest-news

Deixe uma resposta