Ordenação presbiteral: 10 novos sacerdotes de Cristo

Em solene Eucaristia presidida por Dom Benedito Beni dos Santos na Igreja de Nossa Senhora do Rosário, filiada à Basílica Papal de Santa Maria Maior, realizou-se a ordenação de dez novos presbíteros da Sociedade Clerical de Vida Apostólica de Direito Pontifício Virgo Flos Carmeli.

O sacramento da Ordem os fez participantes do único e verdadeiro sacerdócio de Nosso Senhor Jesus Cristo e administradores da graça divina, conferida pelos Sacramentos. O sacerdote atua “in persona Christi Capitis”: é através dele que Cristo perdoa os pecados na Confissão, opera a transubstanciação no Sacrifício Eucarístico e reparte o Pão da Palavra de Deus aos homens.

Por este sublime sacramento o sacerdote ascende, na ordem sobrenatural, a uma condição superior à dos próprios Anjos[1]. Também os fará ministros do Corpo Místico de Cristo, que é a Igreja, para ensinar e santificar o povo de Deus, na filial obediência aos Bispos, e na amorosa submissão ao Santo Padre. Ao presbítero é atribuído o espírito de graça e conselho para governar o povo e celebrar o sacrifício[2].

A cerimônia foi concelebrada por Mons. João ScognamiglioClá Dias, Superior Geral da Sociedade Clerical de Vida Apostólica de Direito Pontifício Virgo FlosCarmeli, Presidente da Associação Internacional de Fiéis de Direito Pontifício Arautos do Evangelho, Cônego Honorário da Basílica Papal Liberiana de Santa Maria Maior e Protonotário Apostólico; Mons. Rafael RamónIbargurenSchindler, Administrador Apostólico do Vicariáto Apostólico de San Miguel de Sucumbíos; Pe. José Joaquim Damásio Neto, Chanceler da Diocese de Assis; Pe. Manoel Herrada Montes, Pároco de Cantoria, Diocese de Almeria, Espanha; Pe. José Roberto Rezende, Pároco de Sagrado Coração de Jesus, Apucarana-PR; Pe. Valter António Brandão, Pároco de Nossa Senhora de Guadalupe, Maringá-PR; Pe. Lorival de Oliveira Pedro, Pároco de Nossa Senhora das Estrelas, Itapetininga-SP,Pe. José Roberto Pereira, Administrador paroquial de Nossa Senhora da Consolação, São Paulo e cerca de 50 Arautos Sacertotes.

Honraram esta cerimônia com sua presença, Dr. Fábio de Salles Meirelles, Presidente da Federação da Agricultura do Estado de São Paulo, Sistema FAESP-SENAR; Cel. Luiz Humberto Navarro, Comandante do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo e seu Assessor Ten. Paulo Fernando Silva eDr. Bom Fílho Alves, Secretário do Meio Ambiente do Municipio de Caieiras.

Ao final da cerimônia, em nome de todos os neosacerdotes, Pe. IgnacioMontojo Magro, EP, agradeceu a Dom Beni a sempre disponível e valorosa orientação pastoral e doutrinal que, como “verdadeiro patriarca”, este bispo brasileiro tem dado à família espiritual dos Arautos do Evangelho.


[1] Cf. Garrigou-Lagrange, Reginald. L’union du prêtre avec le Christ prêtreet victime. Roma, ed. InstitutPontifical InternationalAngelicum, 1956, pág. 182.

[2]Cf. Dicionário Teológico enciclopédico, Loyola, São Paulo, 2003, p. 546.

Deixe uma resposta