Visitação de Maria

Visitação de Maria

Mons. João Scognamiglio Clá Dias, EP

“Tudo quanto a Virgem Santíssima pede em favor dos seus servos, obtém, com certeza, de Deus”. Esta sentença é de Santo Afonso de Ligório. “Meditai — prossegue ele, citando Boaventura Baduário — na grande virtude que tiveram as palavras de Maria na Visitação. Pois que à sua voz foi conferida a graça do Espírito Santo, assim a Isabel como a João, seu filho, segundo notou o evangelista.

visitation

“Vencido pelos rogos de Maria, concede Cristo seus favores. Pois, no parecer de São Germano, Jesus não pode deixar de ouvir Maria em tudo o que Lhe pede, querendo nisto quase obedecer-Lhe como sua verdadeira Mãe. […] Busquemos a graça, mas busquemo-la por meio de Maria, repito com São Bernardo, em continuação às palavras da Virgem a Santa Matilde: «O Espírito Santo encheu-me de toda a sua doçura e tornou-me tão cara a Deus, que quantos por meu intermédio pedem graças a Ele, todos certamente as obtêm». […] “Não nos apartemos jamais dos pés desta tesoureira de graças, dizendo-Lhe sempre com São João Damasceno: «Ó Mãe de Deus, abri-nos as portas da vossa misericórdia, rogai sempre por nós, pois são vossas preces a salvação de todos os homens». Recorrendo a Maria, o melhor será pedir-Lhe que rogue por nós e nos obtenha aquelas graças, que reconhece mais convenientes à nossa salvação” .1

Extrato da obra: SCOGNAMIGLIO CLÁ DIAS, João. Pequeno Ofício da Imaculada Conceição Comentado. V. I. 2 ed. São Paulo: ACNSF, 2010. p. 85.

LIGUORI, Afonso Maria de. Glórias de Maria Santíssima. 6. ed. Petrópolis: Vozes, 1964. p. 249-251.

Deixe uma resposta